Exercício físico X Cirurgia Bariátrica

A obesidade pode ser encarada como uma das epidemias que o mundo moderno enfrenta. Assim, com o número crescente de pessoas obesas, a procura por cirurgia bariátrica cresceu. Entretanto, como já mencionamos aqui no blog, a cirurgia não é milagrosa e deve vir acompanhada de uma série de novos hábitos. Dentre esses, vale mencionar a inclusão de exercício físico na rotina. Pelo menos é isso que um estudo feito no Brasil aponta: exercício físico pós-bariátrica aumenta, ou pelo menos beneficia, melhora na saúde.

exercicio-fisico-x-cirurgia-bariatrica

Primeiros cuidados

Antes de tudo, é importante a avaliação cardiorrespiratória do paciente, já no pré-cirúrgico. Uma vez que, a anestesia geral e a intubação podem causar uma resposta não desejada pelo corpo. Isso pode ocorrer devido ao excesso de gordura na base do pulmão, que por si só já dificulta a respiração. Assim, é importante começar os exercícios antes mesmo da cirurgia. Já que as atividades físicas reduzem o risco de complicações e ajudam o paciente na adaptação à mudança de hábitos. Inclusive, especialistas ressaltam que quanto mais tempo no pré-operatório, melhor. Pois há tempo para conseguir melhoras cardiorrespiratórias e no ganho de massa muscular. 

Após a cirurgia (saiba qual fazer), o paciente pode realizar exercícios leves por até 30 minutos. Além de potencializar a redução de peso, eles ajudam na recuperação, evitam formação de trombose e estimulam o intestino. Após um mês, a intensidade pode ser aumentada, mas o paciente deve evitar exercícios como levantamento de peso e abdominais no primeiro momento.

 

Estudo 

Uma pesquisa, realizada pela Faculdade de Medicina da USP, comprovou que o exercício físico auxilia o paciente pós-bariátrica. O estudo avaliou 30 mulheres que fizeram a operação e as acompanhou por 9 meses. Assim, passados 3 meses da operação, os pesquisadores fizeram uma primeira análise. Nela, todas as pacientes tiveram melhora significativa em fatores de risco cardiometabólico. 

Na segunda etapa do estudo, os cientistas separaram dois grupos. O primeiro recebeu tratamento de praxe, com orientações a respeito da dieta e exercício físico. Já o segundo, recebeu as mesmas diretrizes e ainda passou a realizar exercícios físico supervisionado. Dessa forma, as mulheres passaram a fazer exercícios aeróbicos e de força, por três vezes por semana. Após 6 meses, os grupos foram avaliados novamente. 

Assim, os pesquisadores concluíram que o grupo que praticava exercícios apresentou melhora significativa. Elas tiveram diminuição da inflamação, melhora na sensibilidade à insulina e na saúde dos vasos sanguíneos. Em contrapartida, o outro grupo, apesar de manter a perda de peso, não teve a mesma melhora nos quesitos acima. Inclusive, algumas pacientes chegaram a apresentar índices parecidos com os pré-bariátrica. 

Importância do exercício físico pós-bariátrica

Para o professor Bruno Gualano, um dos líderes da pesquisa, chamou a atenção a velocidade com que o primeiro grupo perdeu os benefícios conquistados. E ressaltou que, apesar do efeito discreto no corpo, as pacientes apresentaram efeitos de prevenção contra doenças cardiovasculares atreladas à obesidade. Dessa forma, a pesquisa aponta para a importância do exercício físico como medida não farmacológica e que auxilia o pós-operatório. Por isso, a bariátrica não pode ser considerada como milagrosa e deve vir acompanhada de uma série de novos hábitos.

Nesse sentido, a clínica Lifelev está mais do que pronta para atender seus pacientes. Uma vez que, contamos com o Dr. Antonio Celso Moraes, que além de já ter realizado mais de 3 mil cirurgias e procedimentos relacionados à obesidade, tem 17 anos de experiência na área. Não bastasse o conhecimento específico a respeito das cirurgias, ele buscou se especializar na boa recuperação endócrina e metabólica dos pacientes.

Conheça os outros procedimentos disponíveis! Clique no botão e agende agora um atendimento conosco!

Deixe um Comentário